Potinhos de vidro presos pela tampa liberam a bancada

Potinhos de vidro presos pela tampa liberam a bancada

Oi, gente!

O post de hoje é com uma dica super bacana + um truque pra deixar a dica melhor ainda. Mas antes quero dizer que tô preparando um post bem legal sobre jardins verticais pra atender ao pedido de uma leitora queridíssima. E como no MCML a gente é família, queria pedir sua participação. Eeee! Quem tiver jardim vertical em casa, fotograva e me manda. Pode ser por e-mail (minhacasaminhalida@gmail.com), pode me marcar no Instagram (@marianagatzk), pode mandar no meu Facebook (fb/marianagatzk) ou por inbox na fanpage (fb/minhacasaminhalida). Vou adorar conhecer mais da sua casa!

Voltando ao post de hoje…vamos logo pra foto:
potes de vidro de tempero não ocupam lugar na bancada
potes de vidro de tempero não ocupam espaço na bancada

A gente sabe que hoje em dia quem tem bancada de apoio sobrando na cozinha é Kate Middleton. Então o jeito é usar a inteligência e poupar espaço útil. (parece mentira, mas no meu apartamento eu tenho que escolher: ou deixo a louça no escorredor e não preparo o almoço, ou enxugo a louça e uso a bancada pra cortar legumes, porque as duas coisas ao mesmo tempo não rola).
Enfim, esse projetinho de parafusar os potes de temperos no armário é bem bacana e funciona de verdade – a gente fez o teste no Provence, o café antiquário dos meus pais.
Não tem muita dificuldade pra colocar a ideia em prática, não, mas você vai precisar de uma furadeira e alguma destreza, que é pra não furar demais a tábua e atravessá-la. Não recomendo que você use prego porque vai que a tampa escorrega e cai tudo. Nunca se sabe. É sempre melhor prevenir.
MAS atenção porque tem um truque. Ó:

parafuso + prego: é assim que se faz
parafuso + prego: é assim que se faz

Depois de furar a madeira e parafusar a tampa, prenda um dos lados da tampa com um preguinho. Assim a tampa fica segura, não fica girando junto com o pote toda vez que você for abri-lo, sabe? Com o prego ali você abre e fecha o pote com uma mão só – até mais prático do que se você fosse pegar o tempero na bancada. Talvez dê certo também se, antes de parafusar a tampa, você colar uma fita dupla face na parte de cima, a que vai ficar em contato com o armário. Não testei desse jeito, mas me veio a ideia aqui agora…
E pro projeto ficar ainda mais fofo, minha mãe colocou etiquetas nomeando os temperos.

tudo com nome, que é pra não se confundir
tudo com nome, que é pra não se confundir

Faz alguns meses que a instalação foi feita e a gente mexe com frequência nos potinhos. Eles continuam bem seguros e fazem muito sucesso com os clientes. Ou seja, mais do que ganhar espaço na bancada aí da sua casa, você vai ganhar elogios também. Bom, né?

Gostou da sugestão? Já tem dela aí na sua casa? Decidiu que vai fazer? Me conta! E também conta pros seus amigos, oras. Ideia boa a gente compartilha!

Beijo,
M.

Anúncios
Potes de vidro: dicas pra usá-los na organização [2]

Potes de vidro: dicas pra usá-los na organização [2]

Oi, gente!
Prometi que mostraria mais algumas utilidades que os potes e garrafas de vidro têm em minha casa e cá estou a cumprir (menina de palavra!). Da outra vez, mostrei como estas peças podem ser aproveitadas na cozinha (aqui), mas deixei faltar meu estoque de temperos, os quais guardo em potinhos de vidro, também. Então, vamos começar por eles:

potes_de_vidro

Eu prefiro um milhão de vezes usar potes de vidro a deixar os produtos em suas embalagens plásticas, pois elas não ajudam em nada na hora de alcançar o ingrediente e também ficam meio podrinhas com o tempo. E prefiro cem mil vezes o vidro ao pote de plástico, porque eu tenho a impressão de que o plástico vai engordurando com o tempo. O vidro, quando dá uma sujadinha com sal ou pimenta, você passa um pano seco ou guardanapo de papel e ele está limpo. Já o plástico dá mais trabalho.
Veja que os potes menores têm identificação (feita da maneira mais básica possível: com fita crepe e caneta). Nos maiores, ainda não coloquei, porque uso super pouco e eles ficam mais pro fundo do armário (e só pra saber: o primeiro tem sal grosso, o do meio, louro, e o terceiro, amido de milho). Como os pequenos ficam bem na frente do armário, e eu os enxergo de cima, porque é no armário sob a pia, achei melhor colocar a identificação na tampa, pra não precisar pegar um por um até encontrar o que quero.
Mudando de cômodo, vamos pro banheiro?

pote_de_vidro

Este pote é de vidro e foi encapado com filtros de café. Nunca tentei fazer (ganhei de presente de uma artesã daqui de Curitiba), mas conheço uma blogueira que sabe: a Juliana, do Casa de Amados. Bem que ela poderia nos ensinar, né? :)
Deixo o pote no banheiro com algodão. Como ele é mais alto, daria pra guardar outras coisas, tipo canetas e lápis no escritório, ou fazer um vasinho… O bom dos potes de vidro é isso: nós mandamos neles! Uhuu!
E agora a sala…

garrafas_de_vidro

Esse cantinho eu mostrei esses dias, lembra? (aqui) Minhas amadas garrafas de vidro estão nele. As duas maiores são de suco de uva e estão vazias (vão permanecer assim, eu acho). A menor é de água. Coloquei sal grosso nela (já contei dessa minha crença aqui) e também quero colocar uma florzinha em breve, bem colorida. Acho que ficará bonito :)
Eu adoro garrafas de vidro, porque são super ecológicas. As de plástico vão pro lixo ou viram brinquedo pro Kinder. Sempre que dá, Wesley e eu optamos pelo vidro, reutilizável. Então temos muitas garrafas em casa! Tantas que uma delas ganhou uma função inusitada – e que nós amamos!

garrafa_de_vidro

Eu tenho uma luminária da Coca-Cola, um beijo e tchau! haha! Fiquei tão apaixonada quando viii! Virou meu xodó!
Eu já tinha mostrado a ideia de aproveitar as luzes de Natal como luminária (aqui), só que o tempo passa e a decoração muda numa velocidade impressionante na nossa casa (coisa de aquariano, será?), sempre de um jeito que dá pra resolver com o que temos à disposição. Troquei um vidro pelo outro: o de azeitona pela garrafa de Coca. A sala ganhou um climinha meio retrô que ficou super charmoso! E não preciso dizer que não tem segredo nenhum, né? É só enfiar com cuidado as luzes dentro da garrafa e pronto! :)
E aí, gostou?

Até a próxima,
Mariana

Acompanhe: Facebook | Pinterest | Twitter | Instagram