Nossa casa, nossa lida: dicas de mãe

Nossa casa, nossa lida: dicas de mãe

Ela não me ensinou a cuidar da casa, a quebrar um ovo (quanto mais a fritá-lo); não me deu dicas sobre limpeza nem exigiu que eu lavasse a louça após o almoço. Minha única tarefa, vez ou outra, era arrumar a cama. Eu adorava que ela fosse assim! Enquanto minhas amigas ajudavam em casa, eu lia, brincava, estudava, dormia…
O problema foi depois, quando fui morar sozinha. Deu trabalho pra entrar no ritmo. Mas não posso negar: mesmo de longe ela me ajuda muito – e quando pode vem ajudar de pertinho, pra minha alegria. :)
Não à toa, pra estrear meu quadro de perguntas e dicas vindas de fora de minha mente (jornalista adora uma entrevista!), decidi que ela deveria ser a primeira a aparecer por aqui pra compartilhar comigo e com você alguns segredinhos que aprendeu em sua lida com a casa. Afinal, como ela mesma disse, mesmo “as mulheres que trabalham fora nunca deixam de ser donas de casa” (no caso dela, a lista de tarefas é grande! Além dos cuidados com a casa e com o trabalho, uma leiloeira rural, tem sua paixão por móveis usados, decoração e flores, que é seu segundo emprego; tem a segunda paixão, pelo nosso cachorrinho Galileu, mesmo com seus milhões de carrapatos; a atenção de mãe comigo e com meu irmão; atenção de filha, tia, amiga, vizinha, chefe; os cuidados com as unhas, o cabelo, o corpo e o visual… Somado a tudo isso, ela faz um filé mignon com maionese e um bolo de chocolate incomparáveis!).

Com você, minha mãezinha linda, Sônia.

1. Desde quando você é dona de casa? Desde que me casei, em 1987. Porque as mulheres que trabalham fora nunca deixam de ser donas de casa. Eu sempre fiz as duas coisas.
2. Você tem ajudante doméstica ou faxineira? Já tive empregada. Hoje, tenho só faxineira, três vezes por semana. É a Diva, minha linda! Ela lava e passa as roupas, além de limpar a casa.
3. Qual foi sua maior dificuldade ao se ver dona de casa? Cozinhar. Sempre joguei voleibol e handebol, treinava muito, então nunca tive tempo de aprender esta tarefa. Hoje, gosto muito!
4. E o que você menos gosta? Passar roupa. Aff!
5. Conte alguns dos seus truques para tornar a lida com a casa mais fácil. Bom, acho que na cozinha foi onde aprendi mais truques, como deixar o arroz já frito no tempero e desligado, pra colocar a água na hora do almoço. Pode-se fritar bastante, também, e deixá-lo na geladeira. E uma dica muito boa é pra limpar móveis de madeira escura: a gente faz uma mistura de água, óleo e vinagre e passa com esponja de aço, depois limpa com um pano seco até retirar toda a meleca. Fica como novo!

Gostou dos truques? Minha mãe tem vários! É ótimo conversar com ela sobre isso.
Aproveite pra contar seus truques pra mim, também!!!

Até mais,
@marianagatzk

curta a fan page do Minha Casa, Minha Lida!

Anúncios