Potes de vidro: dicas pra usá-los na organização [2]

Potes de vidro: dicas pra usá-los na organização [2]

Oi, gente!
Prometi que mostraria mais algumas utilidades que os potes e garrafas de vidro têm em minha casa e cá estou a cumprir (menina de palavra!). Da outra vez, mostrei como estas peças podem ser aproveitadas na cozinha (aqui), mas deixei faltar meu estoque de temperos, os quais guardo em potinhos de vidro, também. Então, vamos começar por eles:

potes_de_vidro

Eu prefiro um milhão de vezes usar potes de vidro a deixar os produtos em suas embalagens plásticas, pois elas não ajudam em nada na hora de alcançar o ingrediente e também ficam meio podrinhas com o tempo. E prefiro cem mil vezes o vidro ao pote de plástico, porque eu tenho a impressão de que o plástico vai engordurando com o tempo. O vidro, quando dá uma sujadinha com sal ou pimenta, você passa um pano seco ou guardanapo de papel e ele está limpo. Já o plástico dá mais trabalho.
Veja que os potes menores têm identificação (feita da maneira mais básica possível: com fita crepe e caneta). Nos maiores, ainda não coloquei, porque uso super pouco e eles ficam mais pro fundo do armário (e só pra saber: o primeiro tem sal grosso, o do meio, louro, e o terceiro, amido de milho). Como os pequenos ficam bem na frente do armário, e eu os enxergo de cima, porque é no armário sob a pia, achei melhor colocar a identificação na tampa, pra não precisar pegar um por um até encontrar o que quero.
Mudando de cômodo, vamos pro banheiro?

pote_de_vidro

Este pote é de vidro e foi encapado com filtros de café. Nunca tentei fazer (ganhei de presente de uma artesã daqui de Curitiba), mas conheço uma blogueira que sabe: a Juliana, do Casa de Amados. Bem que ela poderia nos ensinar, né? :)
Deixo o pote no banheiro com algodão. Como ele é mais alto, daria pra guardar outras coisas, tipo canetas e lápis no escritório, ou fazer um vasinho… O bom dos potes de vidro é isso: nós mandamos neles! Uhuu!
E agora a sala…

garrafas_de_vidro

Esse cantinho eu mostrei esses dias, lembra? (aqui) Minhas amadas garrafas de vidro estão nele. As duas maiores são de suco de uva e estão vazias (vão permanecer assim, eu acho). A menor é de água. Coloquei sal grosso nela (já contei dessa minha crença aqui) e também quero colocar uma florzinha em breve, bem colorida. Acho que ficará bonito :)
Eu adoro garrafas de vidro, porque são super ecológicas. As de plástico vão pro lixo ou viram brinquedo pro Kinder. Sempre que dá, Wesley e eu optamos pelo vidro, reutilizável. Então temos muitas garrafas em casa! Tantas que uma delas ganhou uma função inusitada – e que nós amamos!

garrafa_de_vidro

Eu tenho uma luminária da Coca-Cola, um beijo e tchau! haha! Fiquei tão apaixonada quando viii! Virou meu xodó!
Eu já tinha mostrado a ideia de aproveitar as luzes de Natal como luminária (aqui), só que o tempo passa e a decoração muda numa velocidade impressionante na nossa casa (coisa de aquariano, será?), sempre de um jeito que dá pra resolver com o que temos à disposição. Troquei um vidro pelo outro: o de azeitona pela garrafa de Coca. A sala ganhou um climinha meio retrô que ficou super charmoso! E não preciso dizer que não tem segredo nenhum, né? É só enfiar com cuidado as luzes dentro da garrafa e pronto! :)
E aí, gostou?

Até a próxima,
Mariana

Acompanhe: Facebook | Pinterest | Twitter | Instagram

Anúncios
Como reaproveitar TVs antigas na decoração

Como reaproveitar TVs antigas na decoração

Sabia que ontem, 11 de agosto, foi o Dia da Televisão? A data não está ligada ao dia da invenção da TV, que é 26 de fevereiro de 1926; na verdade, dia 11/08 é o aniversário de nascimento de Santa Clara, padroeira da TV. Interessante, né? E é em homenagem ao Dia da Televisão que temos o post de hoje: ideias legais e criativas pra reaproveitar o antigo aparelho televisivo na decoração da casa.
Vamos ver?

tv
(imagem)

Bar: onde antes estava o tubo da TV, agora ficam as bebidas. Repare que tem uma escada no interior que organiza melhor a disposição das garrafas. Sobre o aparelho, copos e algumas licoreiras. Achei lindo! E que linda essa TV, né? A estrutura toda em madeira… os pés… gostei muito do modelo!

(imagem)
(imagem)

Casinha pra pet: até eles entraram na distribuição do antigo aparelho televisivo. Se deram bem! E os donos da casa também se deram bem, porque a peça é linda! Uma ótima decoração pra sala (mais bonita do que muita caminha…).

(imagem)
(imagem)

Aquário: melhor do que muitos programas que encontramos por aí nos canais abertos, né? Além disso, me faz lembrar do Glub Glub. Eu amava! No fundo da TV, repare que tem uma imagem de pedras. Parece o fundo de um rio.

(imagem)
(imagem)

Luminária: pra quem tem estilo, hein! Ficou bem legal! E, talvez seja um problema de referências da minha parte, mas o aparelho me lembrou do Charlie Brown, do Snoopy. O chevron da “tela” e as cores amarela e preta são a identidade dele. Enfim, uma peça descolada pra chamar a atenção em qualquer ambiente.

(imagem)
(imagem)

Biblioteca: um jeitinho meio irônico de guardar os livros, né? É uma das ideias que mais gosto! Ficaria legal ter os dois aparelhos juntos: este com a função de biblioteca e o que funciona como luminária.

Essas ideias não são pra te incentivar a quebrar uma TV antiga, claro! Mas é que com o tempo muitos desses aparelhos estragam… Aí tem quem goste de preservá-los exatamente como são, sem interferir em nada, e quem prefira aproveitá-los de um outro jeito, dar a eles uma nova cara, uma nova utilidade. Se você pertence ao segundo grupo, ficam as dicas aqui.

Até a próxima,
Mariana

Acompanhe: Facebook | Pinterest | Instagram