Fala, nutricionista: chocolate do bem

Fala, nutricionista: chocolate do bem

A Páscoa ficou pra trás, mas os ovos de chocolate ainda vão durar um tempinho (ou você já comeu tudo?!). Pra aliviar o peso na nossa consciência, de que comer chocolate é praticamente um crime contra a nossa forma física e saúde, a nutricionista Letícia Castilho aparece por entre a nuvem de dúvidas e certezas (falsas, ainda bem!) e explica que não precisamos ter medo, pois o chocolate não é tão vilão quanto pensamos.
Adorei a notícia!

A maioria das pessoas tem a ideia de que tudo o que é gostoso não é saudável, certo? Errado! E o chocolate está ai para provar isso.
Para quem pensa que o chocolate é um grande vilão e está associado com ganho de peso, acne, celulites e outros distúrbios, não é bem por aí. É claro que quando falamos de “chocolate saudável” seria aquele que contém em sua composição pelo menos 50% de cacau, pois é justamente o cacau que traz os benefícios.
O cacau é rico em polifenóis, um potente antioxidante que além de combater os radicais livres gerados pelo estresse, inflamações ou outras doenças, diminui o risco de doenças cardiovasculares por diminuir o risco de agregação plaquetária. Ele diminui também os níveis pressóricos, ou seja, ajuda a regular a pressão arterial.
Alguns estudos mostram até que o cacau ajuda a diminuir o excesso de cortisol (conhecido como “hormônio do estresse”), o qual em níveis elevados está associado com compulsão alimentar, além de ajudar a diminuir a resistência a insulina e consequentemente o risco de desenvolvimento de diabetes.
É claro que quanto maior o teor de cacau, mais benefícios tem o chocolate. Por isso, sempre opte por chocolates que têm pelo menos 50% de cacau, pois desta forma ele terá mais antioxidantes e menos açúcar e gordura (presentes em quantidade maiores no chocolate ao leite).
Então, passada a Páscoa, coma o seu chocolatinho amargo ou meio amargo sem tanta culpa, assim. Mas lembre: não é porque ele tem todos esses benefícios que deve ser consumido indiscriminadamente. Uma porção de 30 gramas ao dia é o suficiente!

Letícia Castilho
Nutricionista
CRN: 8 7260

curta a fan page do Minha Casa, Minha Lida!