Dica de filme: Julie & Julia

Dica de filme: Julie & Julia

Oi, gente!
Tô tão feliz por estar de volta. :)

Acho que essa é a primeira vez que dou dica de filme aqui no MCML. Não sei se vocês gostam deste tipo de post, então me contem. Se gostarem, posso fazer mais vezes, sempre dentro do nosso tema, claro.
Pra estrear, escolhi um filme que assisti semana passada e que me fez sentir aquela necessidade de compartilhar. Sabe como é? Achei fofo e inspirador.

AVISO: PODE CONTER SPOILER. :P

Julie & Julia (2009)
Julie & Julia (2009)

“Julie & Julia” tem tanta mensagem bacana que vale a pena até fazer lista! (ou na verdade eu adoro fazer listas e estou buscando uma desculpa…)
Vamos às “lições” do filme:

  1. Ele é baseado em duas histórias reais (adoro!), por isso a gente pode se inspirar e acreditar: sim, pode acontecer com a gente também!
  2. Julia começa a cozinhar aos 32 anos de idade. E era tão sem jeito, coitadinha… ia virar a panqueca e derrubava a massa, cortava o dedo quando tinha que picar algum alimento, enfim, parecia que não ia dar certo. Só que deu. E deu tão certo que ela se tornou uma das mulheres mais fo*@s da gastronomia no mundo (aqui tem mais informações sobre ela).
  3. Outra coisa sobre Julia: ela não teve medo. Quando decidiu que ia cozinhar, ela vivia em Paris e as mulheres de lá, na época, não trabalhavam. Julia se matriculou nas aulas de culinária e só tinha homens na sala. Ela sofreu com o preconceito da própria direção da escola.
  4. Pra terminar os ensinamentos da Julia, ela não desistiu. Queria porque queria lançar um livro, recebeu vários nãos, mas nenhum deles foi mais forte do que sua vontade, do que seu sonho. Sabe aquela frase de caderno de confidências: “sem saber que era impossível, ele foi lá e fez”? Pois fez. E arrasou!
  5. Agora, o lado de Julie. Ela é uma mulher moderna, gente, como eu, você e a vizinha. Tem quase 30 anos, quer ser bonita pro marido, quer manter a casa arrumada, quer cozinhar coisas deliciosas, quer ajudar o próximo, quer almoçar com as amigas, quer se dar bem profissionalmente. Quem não quer essas coisas? Só que ela descobre que ter tudo é difícil. E é mesmo. Aí vem o questionamento: a gente precisa de tudo isso? 
  6. Por ter tantas preocupações, Julie tem dificuldade de concluir projetos (quem não?). Mas ela está diante de uma oportunidade que pode provar pra ela e pros outros que ela é capaz. Só depende dela e de mais ninguém. Mais ninguém mesmo.
  7. Julie nos ensina que às vezes a gente está cansada da vida e só reclama, olha tudo pelo lado negativo, e isso não resolve o problema. Bem na verdade às vezes a gente precisa é parar de enxergar o problema. Deixar ele pra lá, na dele, e fazer outras coisas, se distrair, se desafiar. A resposta vai vir na hora certa, como a gente menos espera. E aí é que a coisa muda de “existência” pra “VIDA”.

Enquanto Julia é segura de si e de tudo o que faz, Julie é frágil e precisa do apoio do marido pra seguir em frente. São duas mulheres diferentes, em situações diferentes, em épocas diferentes, mas com um objetivo tão lindo e supremo em comum: a felicidade própria. Aquela que cabe a nós e a mais ninguém, sabe? Que mora dentro da gente, não no outro.
Julie e Julia têm muitas coisas a nos ensinar. Assistam! E me contem depois.

Ah, e me mandem dicas de filmes também! Desses que levantam a nossa moral e nos fazem acreditar que tudo é possível. Eu adoro!

Beijo,
M.

Anúncios

Um comentário sobre “Dica de filme: Julie & Julia

Gostou? Me conta!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s