Sair de casa dos pais: a busca pelo apartamento [parte 2]

Sair de casa dos pais: a busca pelo apartamento [parte 2]

No nosso último post sobre o assunto, falamos da busca pelo melhor bairro. Hoje, vamos falar da escolha do apartamento. Antes, uma declaração da Juliana, do Casa de Amados, que vale a pena ser lida por todo mundo. Ela conta que saiu da casa da mãe quando foi se mudar pra um apartamento próprio, o que por si só já era vantajoso. Mas a Ju teve uma atitude muito legal enquanto ainda morava “debaixo das asas”: ela foi comprando coisas pequenas, que não comprometiam tanto o orçamento, como jogo de toalhas, talheres, porta-guardanapo, jogo de pratos, etc. A mãe da Ju cedeu a ela um espaço no armário e assim o “enxoval” foi aumentando. Quando se mudou pra casa nova, a Juliana pode se dedicar aos produtos maiores, como móveis e eletrodomésticos. Achei ótima a dica! Com certeza também vale pra você que está pensando na mudança.
Agora, vamos às dicas referentes ao apartamento. Gente que nunca morou fora da casa dos pais, provavelmente, nunca precisou se preocupar com a posição do apartamento com relação ao sol, com a quantidade de janelas, com a entrada da luz natural, etc. Pois esta é a hora de pensar nisso. Depois de escolher o melhor bairro pra morar, aquele que está de acordo com as suas necessidades, como vimos no post anterior, agora, você vai escolher o apartamento. Pra isso, vale anotar:
1. O tamanho do apartamento. Vai morar só você? Sem chances de dividir o apê com um amigo, namorado, parente, etc.? OK. Então, procure por um apartamento menor, com um quarto só ou até uma kitnet (que é quando sala e quarto são juntos). Acredite: dá pra decorar de um jeito que tudo fique lindo e até separar os dois ambientes, te dando a privacidade necessária quando chegar visita. Dou a dica do imóvel menor porque nele é tudo mais fácil quando se mora sozinho: é mais barato pra decorar, já que você tem menos espaços pra ocupar, é mais tranquilo pra limpar, é mais acolhedor e é mais barato o aluguel. Mas não é só ver a metragem do apartamento e assinar o contrato, não. Dentro do tamanho do apê, considere o tamanho do quarto: cabe uma cama (seja de casal ou solteiro, à sua escolha)? Cabe um armário com as suas roupas e sapatos? Pense que você terá que guardar, em algum canto da casa, os cobertores e roupas de cama e de banho. Tem que ter espaço pra eles em algum armário, pois não podem ficar expostos. Uma solução é usar um baú, que pode ficar até mesmo na sala, com esse tipo de coisa dentro. Ou eles podem ficar embaixo da cama, embalados. Mas reforço: veja se há espaço pra tudo o que você pretende guardar.
2. Lavar e secar roupa. Este tópico também está ligado à questão de espaço. Onde você vai levar e secar suas roupas? Se sua mãe topar de receber sua visitinha semanal com uma trouxa de roupa suja, ótimo! Se você tiver grana pra levar pra uma lavanderia, ótimo também! Mas se você tiver que lavar em casa… você vai precisar de uma máquina de lavar. É um investimento necessário. Como consequência, precisará de um lugar pra instalar a máquina (com uma tomada e um cano ou tanque pra escoar a água). Veja bem se no apê tem essa opção. Depois de lavadas, as roupas precisam secar. E aí vai mais um espaço, com a vantagem de que você pode instalar aqueles varais de teto. Mas analise se o teto tem condições de recebê-lo (digo com relação ao espaço, também). Do contrário, um varal de chão também rola, embora ele ocupe uma área de passagem. Já pense qual área será essa.
3. Ventilação e luz natural. Janelas. Você nunca pensou que elas fossem importantes, né? Mas são. Quando o apartamento é pequeno, corre-se o risco de espaços como cozinha e banheiro não terem janelas. Aí pode acontecer de a umidade causar bolor nas paredes e dentro dos armários. Sempre dê preferência a apês nos quais todos os cômodos têm ventilação natural. A iluminação natural vale pro mesmo ponto: o calorzinho do sol ajuda a acabar com a umidade, o que é bom pra sua saúde e pro seu bem-estar.
De resto, vale ressaltar alguns pontos: imóvel com carpete é mais quentinho e aconchegante, mas dá mais trabalho pra limpar. Você pode usar a vassoura e um pano molhado pra realizar a tarefa, embora seja bem mais fácil com um aspirador de pó (ou seja, outro investimento e outro produto que precisará ser guardado em algum lugar). Outro detalhe: alguns imóveis têm móveis embutidos e por isso o valor do aluguel é um pouco mais caro. Faça as contas e compare um imóvel com e outro sem os móveis. Veja o que compensa pra você. Talvez comprar móveis pra este apê pequeno saia mais caro, principalmente se pensarmos que mais pra frente, quando você se mudar pra um apê maior, é possível que estes móveis não te sirvam mais. Pesquise com carinho e responsabilidade.
Enquanto isso, siga os conselhos que a Ju deu e vá comprando o que for possível, aproveitando as promoções e até planeje um chá de cozinha com os amigos. Vai ser divertido e você pode ganhar uns presentinhos úteis pra casa nova! Afinal, estamos pertinho da mudança, né? :)

Beijinho,
@marianagatzk

curta a fan page do Minha Casa, Minha Lida!

Anúncios

8 comentários sobre “Sair de casa dos pais: a busca pelo apartamento [parte 2]

  1. Mariana, estou criando coragem para procurar algo para sair da casa de meus pais logo.
    O problema não é apenas o local bacana e sim ter $$ para bancar 2 casas… Aí fica tenso!
    Tenho certeza que vou arrumar um #2 job e vou, com fé em Deus, em breve, estar morando sozinho.
    Gostei de suas dicas, e realmente é esse o caminho. Valeu!

    Curtir

  2. Mari, post perfeito, realmente a posição do sol e a lavanderia devem ser bem estudadas (não descartando o resto). Como aqui no sul é super umido no inverno a lavanderia foi uma prioridade! O Melhor é que a minha é grandinha e pega o sol direto da tarde! perfeita!

    Bom final de semana,

    Bjos

    Curtir

    1. Oi, Tássia!
      Aqui em Curitiba também é horrível, menina. No inverno, chove todo dia, o sol não aparece, não tem um ventinho pra ajudar a secar… é difícil! Como eu moro no térreo, minha lavanderia fica pra fora, então dá uma ajuda. Mas precisa escolher com cuidado pra não ter decepções, mesmo.
      Beijo!

      Curtir

  3. Ainda bem que eu pedi a sua ajuda!!!! hahahahaha NUUUUNCA ia pensar nas janelas e etc! Você não faz ideia de como está me ajudando Mari! Beijão e obrigada!

    Curtir

Gostou? Me conta!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s