Cantinho: em cima do rack

Cantinho: em cima do rack

Às vezes, vemos uma peça na loja e nos apaixonamos por ela, mas quando chegamos em casa percebemos que não temos um lugar ideal pra colocá-la. Isso quase sempre acontece comigo e levo um bom tempo encarando o objeto todos os dias pra compreender o que ele precisa ter ao seu redor pra se tornar ainda mais bonito.
É como eu digo a você desde o início: o Minha Casa, Minha Lida está aqui pra me ajudar a aprender todos os dias (e se possível te ajudar, também), estudando e vivendo os pequenos detalhes e as grandes missões de uma dona de casa. Então, nem sempre tenho respostas pra todos os dilemas… Erro (e muito!) nas escolhas do dia a dia e fico batendo a cabeça antes de estar 100% satisfeita com tudo que coloco em minha casa. Faz parte!
Enfim, o que quero dizer é que quando comprei a lanterna marroquina da Etna (paguei R$ 29,90), que mostrei a você aqui, eu não sabia onde a colocaria. Ainda dentro da loja, eu pensava: “Onde é que vou colocá-la?! Não tenho o lugar certo!” Mas o Wesley queria porque queria haha! Então compramos e ele sugeriu deixá-la sobre o rack na sala de TV.

siE sabe que gostei? Ainda faltam alguns olhares mais criteriosos, mas eles aparecem na hora certa. Entender o que está certo e o que está errado em uma composição é como tarefa de escola: você precisa fazer todos os dias até que tenha “decorado” a fórmula. No caso, a fórmula aqui diz respeito a elementos que combinam entre si, que falam uma mesma língua, que carregam semelhanças em seus traços, coisas assim. Por isso, digo que gostei do cantinho, mas sei que logo, logo o tal olhar criterioso aparecerá pra apontar melhorias e aí será a hora de arrumar de verdade este espaço.

saAlém da lanterna marroquina, no lado oposto a ela, tem uma pilha de revistas que gosto de ter por perto. Sobre ela, coloquei este cesto de palha,que comprei em Morretes (PR). As bolas de especiarias e as flores também são de lá. Estes objetos já passearam tanto aqui em casa… Já se separaram, já perderam um companheiro de “trabalho” (que hoje vive na barriga do Kinder)… Agora, estão aí e temos sido felizes assim rs!

seNo centro do rack ficam as duas garrafinhas com doces que ganhamos de lembrancinha em um casamento. As cores combinaram com a nossa sala, então a deixamos como enfeites. O passarinho de madeira eu ganhei da Desmobilia, tem algum tempo. Ele é outro que já voou um tanto antes de pousar aí.
A vida é assim mesmo, não é? É mutável. Gosto de mudar os objetos de lugar, pois acho interessante percebê-los e senti-los de formas diferentes. Acho que assim exercitamos a criatividade e não caímos na rotina, na repetição.
E quando o cantinho do rack não for mais o mesmo você logo saberá! Enquanto isso, se você tiver sugestões, me envie, porque eu adoro um palpite rs!

Obrigada pela visita,
Mariana

curta a fan page do Minha Casa, Minha Lida!

Anúncios

12 comentários sobre “Cantinho: em cima do rack

  1. Oi, Mariana, acho que é assim mesmo, a gente vai testanto até agradar os nossos olhos. E o que funciona para uns, não funciona para outros. E depois tem também o fator ” cansou”, quando resolvemos trocar tudo de lugar e descobrir novas possibilidades. Na minha opinião, nada em decoração é definitivo, ela muda junto com a gente e com as necessidades. Beijos!

    Curtir

  2. Mari, acho que é assim mesmo, experimentar, não é? Rs… Acho que essa lanterna é super romântica e delicada, eu não a combinaria com materiais como palha… Tentaria algo como velas, espelhos, porta retratos delicados, esculturas delicadas… Coisas assim :) Rs… bEIJOS!!!

    Curtir

  3. Oi Helka!
    Acho que mudar os objetos de lugar tem até influência do humo rs
    Outro dia, mudei toda a distribuição de livros e objetos na estante do escritório…
    Olhei, cismei, mudei…
    Vamos testando e acho que os objetos permanecem parados por ali até que os olhos avistem outro cantinho para testes rs
    bjs, ótima quarta!

    Curtir

  4. Oi, Mari!
    Eu sou meio sem noção de composição, mas nem ligo muito…rs.
    Também acho que o legal é essa coisa de ir experimentando, errando e acertando. Quando gostamos é porque acertamos, mesmo que nos digam o contrário. KKKKK
    Esse jogo de quebra-cabeça é que faz cada casa se tornar um lar, e com a carinha de quem mora nele.
    Beijões, querida!

    Curtir

  5. Também não sou nenhuma especialista em produção, é difícil mesmo! Um bom truque que pode dar certo nesse caso é juntar os elementos soltos (lanterna, garrafinhas e passarinho) numa bandeja, pra criar um “Link” entre eles. E também colocaria algum outro objeto na mesma escala da lanterna, que está bem maior que os outros, tipo um porta retrato, algo assim… ;) Mas tá um charme seu rack! Bjs!

    Curtir

  6. Oi Mariana,
    A lanterna ficou linda onde você colocou.
    Você falou de Morretes e eu preciso te dizer que adoro!
    A família do meu marido tem uma daquelas casas históricas que fazem parte do cartão postal, estou com saudades de lá!
    Beijos

    Curtir

Gostou? Me conta!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s