Nossa casa, nossa lida com Gabriela Lameu

Nossa casa, nossa lida com Gabriela Lameu

Oi, genteee!
Este é o primeiro “Nossa casa, nossa lida” de 2013! E quem dá início à nossa seção de revelações semanais é minha grande amiga, Gabriela Lameu. A Gabi tem 24 anos, é meteorologista, namora o Rafa, mora atualmente em Pelotas (RS), mas recentemente passou por uma temporada nas terras quentes de Fortaleza (CE). Enquanto isso, sua família mora em Jacarezinho (PR), que é de onde eu a conheço. E não pensem que é fácil trocar a casa dos pais por um apê a  2 mil km de distância, não. Como a Gabi definiu, foi “um choque tremendo em todos os sentidos, principalmente nas responsabilidades, na cultura e no extremo frio”. Mas é claro que a vida ensina muito – e hoje a Gabi vai compartilhar com a gente o que já aprendeu nesta sua caminhada como dona de casa (além de estudante e profissional, é claro!).

Gabi linda Lameu
Gabi linda Lameu

Aquele início…: Na casa do meus pais, se teve empregada até meu 15 anos, mais ou menos. A partir de então, só faxineira que ia uma vez por semana. Nos outros dias, eu tinha que ajudar a manter a casa: almoço, limpeza e até lavar e passar. Mas o trabalho pesado ficava sempre pro dia da faxineira, então era mais tranquilo. O bom foi que não me mudei crua, nesse sentido. O que foi mais difícil foi comprar talheres! Não tinha ideia se R$ 1,99 por um garfo era caro ou não hehe! Mas o bom de se mudar para um Estado diferente é que tu acaba sendo a novidade, então fiz amigos bem rápido e tive uma ajuda bacana! Sempre me debocharam, mas me ajudavam!

Sobre saudades: Sinto falta de ter todos os móveis em casa hahahahhahah! Nada melhor que o conforto da casa dos pais, ainda mais com a companhia deles! No início, aqui em Pelotas, foi bem difícil! Era eu e um colchão no chão do quarto. Só depois de dois meses que conseguimos comprar uma cama e o guarda-roupas. Então, vocês já imaginam como era o resto da minha casinha heheh! Sem móveis! Com o passar dos anos fui comprando: um sofá quebrado aqui, um rackezinho meia boca ali, até que finalmente tive uma salinha. Resumindo, sinto falta de ter uma casa completa, das pessoas do pai e da mãe, e de gente que fale igual a mim! :P

Arrumando a casa: Tchê, sou a mais preguiçosa do Brasil! Só limpo a casa quando vou ter visita ou quando a rinite ataca! Corrigindo… ERA! Arrumei um namoradão coisa mais linda, então, pra não pegar mal, comecei a me atinar mais pra limpeza e organização! Agora tento deixar tudo meio que no lugar sempre. Um dia da semana dou uma varridinha de leve pra tirar os ciscos e o cabelo (impressionante como os fios de cabelo parecem se multiplicarem pelo chão!) e tiro um outro dia pra varrer novamente e passar pano em todo o apê. Como vocês devem estar imaginando (e com razão), não tenho muitos móveis em casa, o que por um lado deixa mais fácil a limpeza. Dá pra deixar pra tirar o pó uma semana sim outra não. Mas tudo depende também!

A parte chata: Eu nunca tive máquina de lavar, então sofro para lavar roupa! Roupa e banheiro são as piores coisas que tem pra limpar, na minha opinião. Ah, também tenho dificuldade com a geladeira. A que tenho agora é das antigonas, daquelas que precisa colocar um ventilador apontado pro congelador pra ajudar a descongelar. Baita saco!

Dá certo: Bah, não me vem nada na cabeça! Acho que não tenho truques hehe! Faço tudo bem simples! Acho que o principal segredo todos nós sabemos, mas temos dificuldade por um motivo ou por outro de sempre por em prática, que é sempre que tirarmos algo do lugar, colocar de volta. Simples assim, coisa que não faço muito! Mas pensando em truques me lembrei de um que não sei o quão útil será, mas vamos lá: pra quem mora sozinho e não tem máquina, acaba, sem querer, deixando algumas roupas brancas encardirem um pouco. Bem sem querer mesmo hahaha! Tem uma coisa que minha mãe me ensinou que funciona bem, que é lavar a blusinha, por exemplo, e deixá-la de “molho”, tipo ensaboada (até com nossa grande amiga água sanitária), numa sacolinha plástica, dessas de supermercado mesmo, no sol! Deixa de um lado por umas 2 horas, depois vira pro outro lado e deixa mais um tempo. Aí é só enxaguar e verificar que vai ter dado uma melhorada bacana =D

Este foi mais um “Nossa casa, nossa lida”! Gabizão arrasou com suas dicas e sua sinceridade rs! Afinal, pra confessar que se é preguiçosa, é preciso ser sincera, né?! rs! Vou aproveitar o embalo e me entregar também: MORRO DE PREGUIÇA hahaha! Mas alguém tem que fazer a parte chata, certo? E, como num momento não temos grana pra contratar uma pessoa especializada no assunto, vou eu mesma tentando me especializar com a ajuda de nosso grande oráculo, Google rs! (e com a sua ajuda, é claro, que acaba compartilhando suas dicas por aqui comigo, o que me deixa beeem contente!).
Vamos ficando por aqui, mas amanhã tô de volta!

Até lá,
Mariana

curta a fan page do Minha Casa, Minha Lida pra receber mais notícias sobre o blog!

Anúncios

6 comentários sobre “Nossa casa, nossa lida com Gabriela Lameu

  1. Oi Mariana! Tudo bem?
    Muito legal o post.
    Eu até sou bem animada para arrumação, aliás tenho mania de arrumação rs
    E recorro ao ‘Santo Google’ sempre que preciso, e ele ajuda muito mesmo!:)

    bjs, ótimo início de semana!
    Hoje voltei com os posts no blog.

    Ah, adorei essa dica da roupa para lavar na sacolinha, vou testar :)
    Mesmo para quem tem máquina!!!

    Curtir

    1. Oi Tássia!
      Ela disse que foi sim. Um dia, fui visitá-la. É tudo completamente diferente! Uma loucura! Mas quando se está correndo atrás do sonho, tudo vale a pena, né?
      Beijos!

      Curtir

  2. Concordo com a Gabriela, lavar roupa e banheiro são as tarefas mais árduas! A “técnica” de arrumar assim que bagunça ajuda mesmo, por aqui usamos e acaba se tornando um hábito, o que evita aquela zona absurda pra ajeitar de uma única vez. Beijo, Helka

    Curtir

    1. Helka, acho até que tem um texto que diz isso: sujou, limpe; tirou do lugar, guarde; emprestou, devolva. Coisa assim. E acredito que seja questão de hábito, mesmo, como você disse. É só começar!
      Beijão!

      Curtir

Gostou? Me conta!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s