Nossa casa, nossa lida com Karine

Nossa casa, nossa lida com Karine

Segunda-feira… aquele dia que ninguém gosta. Pra amenizar o preconceito, aqui no blog a segunda-feira se tornou dia de visita. Toda semana, neste dia, teremos um convidado, que pode ser homem ou mulher, pra falar sobre sua casa, sua lida (e se não for toda segunda, será em quase todas :P #vaiquedá!).

Já recebi visitas aqui no blog outras vezes: a primeira foi minha mãe, depois o Pablo, a Regininha e então o Douglas. Hoje, quem conversa com a gente é a Karine, mãe do Felipe, da Ana e do Fernando, casada com o Reginaldo e uma pessoa de quem eu gosto muito!

Ela saiu cedo da casa de sua mãe, aos 17 anos, quando se casou com seu primeiro marido. A própria Ká admite que era super inexperiente, que achava que casar era brincar de casinha e de boneca. Aí veio o tempo… E hoje Karine conversa com a gente e conta algumas dicas bem das boas pra cuidar da casa. Ah, mas também tem umas piras, como todos nós. Fica vendo!

ka
Karine: mãe, esposa, trabalhadora e linda!

MCML: Você ainda sente falta da casa da sua mãe?

KARINE: Muita falta. O que mais sinto saudade é de quando voltava do colégio com o almocinho pronto e do ar fresco. A casa da mãe lembra casa de praia, uma delícia!

MCML: Na hora de por ordem na casa, você tem mania de limpeza ou é mais preguiçosa? As crianças te ajudam?

KARINE: Há momentos que encarno a dona Maria, coloco os panos de prato pra “quará” e até lavo o chão com mangueira (já cheguei a ponto de lavar a casa toda rs!). Mas não sou viciada em limpeza, pois há momentos em que deixo bagunçado (sem exageros é claro), mesmo porque tenho 3 crianças em casa. Não dá pra ser neurótica, pois você limpa agora e daqui a 10 segundos está sujo de novo. Normal! As crianças me ajudam, mas faço mais questão que ajudem no intuito de criarem responsabilidade e disciplina.

MCML: Qual a pior parte na rotina de cuidar da casa?

KARINE: Fazer todos os dias a mesma coisa. Ou seja, você limpa, mas sabe que daqui a pouco (no meu caso) ou no outro dia terá que fazer tudo novamente. Às vezes mudo os móveis de lugar, coloco uma decoraçãozinha pra aliviar a tarefa. No momento estou pintando as paredes. Já pintei o quarto das crianças, a sala e agora falta a cozinha e meu quarto… Em primeira mão pra vocês, hein! kkkkk

MCML: Conte alguns truques que facilitam a vida de quem tem que trabalhar e bancar a faxineira nas horas vagas.

KARINE: A primeira é a dica que disse acima: aproveite que está fazendo as tarefas e mude os móveis de lugar. Decore nem que seja algo simples. Pintar as paredes, pelo menos pra mim, funciona, me anima mais. 2: Há vários produtos de limpeza que facilitam a vida na hora de faxinar, desde pano de chão inteligente até rodo mágico. Sempre vou atrás de novidades para fazer faxina sem sofrimento. Quanto mais facilidade, melhor. 3: Coloque o marido pra ajudar. É ótimo! E tudo o que tiver que fazer força deixe pra ele #ficaadica. 4: Ficar calma é importante. Ou seja, se você está estressada ou naqueles dias, nem comece a faxina. O melhor é sair, se distrair e depois que estiver melhor comece com tudo. É o que eu faço! 5: E, claro, evite sujar. Tenha a colaboração de todos para que você não viva em função da casa, pois temos que nos cuidar também. E nunca abra mão da vaidade. Afinal, dona de casa é uma das funções de nós, mulheres, pois por de trás da vassoura terá que sair uma mulher arrumada para o trabalho, para o marido e pra sociedade. Não é fácil, mas a gente consegue, senão não seríamos mulheres.

Tem que ser mulher porreta pra dizer essas coisas, não é, não? E a Karine é dessas! Dá pra aprender muita coisa em um bom papo com ela. Somos donas de casa, sim, mas esta é apenas uma das nossas facetas. Aqui em casa, por exemplo, tem a Mariana que cuida da casa, a “mãe” do Kinder, a jornalista, a estudante, a namorada, a companheira, a vizinha, a filha, a amiga, a nora… Haja tempo e disposição hehe! Se ficar o dia todo cuidando da casa, não sobra espaço pra nenhuma das outras alegrias da vida. Por isso, quanto mais gente ajudar, melhor! Como a Ká disse, bote o maridão pra fazer alguma coisa e os filhos também, por que não?

Quem concorda?

Anúncios

16 comentários sobre “Nossa casa, nossa lida com Karine

  1. Olá Mariana, belo post. Adoro ler esses depoimentos sobre o nosso dia tão corrido. Obrigada pelo carinho lá no meu cantinho. E sim, sou eu que faço os paninhos. Comecei faz pouco tempo e me apaixonei! Beijoca e tenha uma linda semana!
    Cantinho da Galegad

    Curtir

  2. Que linda a Karine!
    Adorei a entrevista e fiquei ‘boba’ em saber que ela já tem 3 filhos, tão novinha… que legal! E dicas sempre são bem-vindas, né?!!

    Obrigada pela visita em meu blog… volte sempre que quiser!
    Bjns, e uma linda semana!
    :)

    Curtir

  3. Oi Mariana,obrigado pela visitinha !
    Adorei o seu cantinho e gostaria de ser seguidora , mas não achei o local para add.
    Bjus!

    Curtir

  4. Ah! não tem como não se identificar, não é mesmo?
    Aqui em casa eu brinco que tem dias que só vestindo o uniforme da Mulher Maravilha para dar conta de tudo, rsrs
    Bjs e obrigada pela visita no meu cantinho :)

    Curtir

    1. Oi, Elza. Olha que talvez nem a Mulher Maravilha, hein! Acho que somos ainda mais maravilhosas que ela em alguns momentos. Eu ainda não tenho filhos, mas imagino o quanto a dificuldade aperte quando eles chegam. Haja tempo, boa vontade e força de vontade!
      Beijo!

      Curtir

Gostou? Me conta!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s