O fim das filas do supermercado?

O fim das filas do supermercado?

Olá! Tudo bem por aí?

Vamos falar de supermercado, hoje? Siiiim, vamos! Mas não é sobre o que comprar, o que não comprar, promoções ou algo do tipo. Vamos falar sobre aquelas filas intermináveis nos caixas. Aiai… só de pensar, dá preguiça. Nossa sorte é que a notícia é boa.

Semana passada, o caderno de economia da Gazeta do Povo trouxe uma novidade pra lá de legal: Supermercado de Londrina recebe primeiro autocaixa do Brasil. E o que isso significa?

Significa que quem for ao Muffato da cidade fazer compras e quiser pagar com cartão, seja de crédito ou de débito, poderá passar sua própria compra sozinho, sem precisar de um funcionário do caixa para fazer isso. A máquina é um tanto autoexplicativa e conforme o “novato” inicia a validação da compra, ela ensina como é que o processo deve ser realizado. Simples, rápido e prático.

Conforme diz a matéria, essa novidade em terras brasileiras faz grande sucesso nos supermercados europeus e americanos. Como nunca saí do Brasil (nem para o Paraguai eu fui), acabei perguntando para o Wesley, que fez intercâmbio para Portugal há dois anos, e ele disse que a fila para este autocaixa por lá é bem maior que a fila do caixa comum, já que no comum costumam ir mais as pessoas que pagarão em dinheiro. Porém, mesmo assim, o andamento das coisas é mais rápido do que aqui no Brasil, onde só temos caixas comuns.

Minha única dúvida é: será que com a instalação do autocaixa a empresa demitiu funcionários? Não vi nada sobre isso no conteúdo da Gazeta, mas gostaria de saber. Não sou a favor de máquinas que “roubam” o espaço do homem… Ao mesmo tempo, sei que faz parte de uma evolução tecnológica e social…

Enfim! Será que a moda pega? Você gostaria de ter um autocaixa no mercado próximo à sua casa?

Beijo,

Mariana

Anúncios

2 comentários sobre “O fim das filas do supermercado?

  1. Oi, Mariana, costumo ir ao mercado bem tarde, então nunca encontro fila. Aqui somos meios morcegões…De qualquer modo, acho que pode contribuir sim, mas no início, até as pessoas se acostumarem, acho que tumultuará um pouco o meio de campo. Beijos!

    Curtir

    1. No mercado aqui perto não tem filas muito longas, também. Mas antes, numa outra região que morei, tinha um Mercadorama que era insuportável! Cheguei a ficar mais de meia hora na fila do caixa-rápido. Um absurdo!
      Vou pensar em me adaptar aos horários “morceguísticos” haha!
      Um beijão, Helka.

      Curtir

Gostou? Me conta!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s