Nossa casa, nossa lida: dicas da Regininha

Nossa casa, nossa lida: dicas da Regininha

Mais uma entrevista por aqui! Desta vez, a amiga vem da Massa FM, de novo, mas da praça de Curitiba. É a fofa da Regininha :)

Regininha linda em um ensaio que fez no início do ano com Francielle Misturini

Do alto de seus 25 anos, ela é formada em jornalismo e é locutora e produtora da rádio. Abandonou a asa dos pais quando tinha 17 aninhos, justamente pra fazer faculdade. Caiu em Curitiba meio que de paraquedas, voltou a morar com a mãe por um tempo, mas confessa que “depois que você sai de casa, fica difícil voltar”, por isso cá está, novamente, na Cidade Modelo, onde mora com o namorado, o Guilherme.
Após este resumão, vamos ao papo com a Rê.

1. Você sempre quis morar sozinha? Sim. Sempre gostei de cuidar das minhas coisas. Amava ter meu próprio quarto e eu mesma arrumava minhas malas quando viajávamos em família. E eu adorava ficar sozinha em casa, desde criança. Tanto que sonhava em como seria minha casa, a cozinha, a sala…
2. Em algum momento você teve medo de sair da casa dos pais? Bate um pouquinho de insegurança, sim, mas o mais difícil é aguentar a saudade da família, da comidinha da mamãe rs! Já morei em tanto lugar que aprendi a me adaptar às situações: pensionato, com várias garotas da minha idade; já dividi apartamento com primas e com amigas; morei sozinha em quartinho de pensão e morei até na casa da minha sogra rsrs! Em cada lugar, uma dificuldade diferente. É questão de paciência e de respeitar o espaço dos outros.
3. Depois de tantas experiências, dá pra apontar as desvantagens e as vantagens de ter sua própria casa? A vantagem é que você amadurece, dá valor às coisas que tem. Mudei minha atitude quando vou ao supermercado: antes, saía com o carrinho atrás do que eu mais gostava e ia pegando. Simples, né?! Quando me deparei com o “salariozinho” de estagiária, aí a coisa ficou feia! Entrava no supermercado e olhava primeiro as etiquetas com os preços. O carrinho virou cestinha, com uma cebola, um tomate, três maçãs… E, claro, a calculadora ali, minha parceira de compras! A desvantagem é que você pode ficar doente e ter que se virar sozinha – mas é para isso que servem os amigos e o namorado! Sem contar que meus pais vinham correndo me dar colo quando eu ficava de cama. Tenho sorte em ter tanta gente boa na minha vida! (Preciso dizer que a parte de fazer compras também foi uma das piores pelas quais passei. Como é difícil saber a medida certa para tudo, evitar que os alimentos estraguem na geladeira, equilibrar as saladas e as guloseimas… Ai!)
4. Bate preguiça na hora de por ordem na casa? Não tenho preguiça de arrumar, não. Eu adoro! Mas no momento estou à procura de uma diarista… Está cada vez mais difícil conciliar tudo. Quando eu morava sozinha, deixava tudo exatamente no lugar que era para ficar, mas como hoje moro com o Guilherme tenho que aceitar que ele também tem o seu jeito de guardar as coisas. Ele gosta de tudo limpo, mas não é muito ligado a organização. Já eu, não suporto bagunça! Ultimamente estou tentando controlar a neura. (Mesmo assim, ela me contou que odeia limpar banheiros, vidros e geladeira)
5. Você cozinha? Fica bom? Não sou muito chegada a fogão. Como fico o dia todo fora, almoço em restaurante. Nos finais de semana procuro fazer algo, e fica bom – pelo menos quem come nunca reclamou, nem eu! hahaha Mas, se fosse para comer todos os dias, acredito que não passaria fome. Pelo menos o básico acho que sei fazer rs!
6. Tem algum truque? Acho que a única dica que posso passar para quem mora sozinha é para nunca deixar acumular tarefas. Se for organizar o guarda-roupas, comece por etapas – caso não tenha tempo para terminar, pelo menos não vai ter que jogar toda a roupa no armário. É legal você deixar uma tarefa pequena para cada dia. Em um, limpa o chão, no outro, tira a poeira dos móveis, no seguinte, limpa o banheiro. E sempre procure manter a casa organizada. Eu tento fazer assim.

Viva a Reginhaaa! \o/
Adorei as dicas dela! Isso de fazer um pouquinho a cada dia já foi dito no Minha Casa, Minha Lida pelo Pablo aqui e por uma organizadora doméstica em um vídeo de uma entrevista a RPC aqui. Deve ser por que funciona, né? E vou aumentar o coro: durante um tempo, me dediquei a fazer isso e deu certo. Só que aí fui deixando, deixando… e virou uma bola de neve! Acho que agora voltarei a fazer :)
E você, gostou das coisas que a Rê falou? Se identificou? Discorda de alguma coisa? Conte aí!

Um beijooo!
@marianagatzk

curta a fan page do Minha Casa, Minha Lida!

Anúncios

2 comentários sobre “Nossa casa, nossa lida: dicas da Regininha

  1. Como eu já disse, eu sou fã do Minha Casa, Minha Lida, agora essa frase aqui, é a melhor: “Cuidar da casa é como dançar o créu: tem que ter disposição e habilidade.”

    hahahá muito bom!

    Curtir

Gostou? Me conta!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s